quinta-feira, 13 de maio de 2010

Percebes?

Afinal há coisas (e pessoas) insubstituíveis.

Isto significa apenas que, por muito que as consigamos ultrapassar, há um lugar que nunca será plenamente preenchido sem elas.

Sem comentários:

Enviar um comentário